Sábado, 4 de Junho de 2011

Linhas de liberdade

 

Calma em montes de saudade
Eternos de ruídos e silenciosos
No limite de linhas de liberdade
Que sonham em curvas ansiosos

[... Além do Douro também os montes têm alma... ]

E a alma cresce com os montes
De longe a longe palmilhados
Por entre cursos de água e fontes
São de rebanhos polvilhados

[... E a alma vagueia pelo Rio... ]

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
tags:
publicado por Alzira Macedo às 15:59
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De eternosorrir a 4 de Junho de 2011 às 16:19
Amiga de muitos anos despertaque tudo na tua vida corra calmamente na companhia da familia e amigos.
Beijinhos do Avo DreeD (Rui Fonte)


Comentar post

.mais sobre mim

.Ouve e relaxa

<

.posts recentes

. Puro sentimento

. Uma manha de lucidez

. Um Devaneio em alto mar.....

. Senti, escrevi

. A poveira

. Fragil, mas voltei...

. De Passagem

. Para ti Amiga

. Gratidão

. Te Lembro Amiga

.arquivos

. Julho 2014

. Outubro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011


casino en ligne

.Visitas