Domingo, 3 de Julho de 2011

Com saudades Rui fonte

´

 

Procuro por ti
nesse mar que é tão teu
Na amiga que ri inocente
Nas folhas que se perdem
Levadas pelo vento
Nas estrelas que despontam
Uma a uma na imensidão!
E é em mim,
Que sempre te encontro!
Onde os teus olhos
Nunca disseram adeus
Em cada lembrança...
Ensinando-me o sentido da vida
Tentando explicar-me
Que nada é para sempre
Mas que tudo é eterno.

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
publicado por Alzira Macedo às 17:21
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De marinheirojimmy a 3 de Julho de 2011 às 22:27
olá linda amiga Alzira
lindo este poema cheio de saudade, adorei
doce beijinho e muitaq felicidade em teu coração.Jimmy o Marinheiro


De Alzira Macedo a 17 de Julho de 2011 às 14:49
Olà....

Depois de longa ausencia tive de procurar a minha caixinha de surpresas.... Caixinha de lembranças e de saudades...
meu coraçao jà palpitava e suplicava o encontro comigo mesma...
é aqui que sou eu com a verdade nua e crua...
a minha forma de ser no mais profundo do meu intimo...
Quero a ti agradecer Rui a atençao que tens tido com oo blog e a criaçao de mais um para que este nao fique mt tenmpo sem novidades.... Vou tentar ser mais participativa mas ainda vai demorar um temo estou sem pc proprio mas ta prometido sempre que me for possivel estarei na vossa companhia... Beijos com carinho e muita amizade...


Comentar post

.mais sobre mim

.Ouve e relaxa

<

.posts recentes

. Puro sentimento

. Uma manha de lucidez

. Um Devaneio em alto mar.....

. Senti, escrevi

. A poveira

. Fragil, mas voltei...

. De Passagem

. Para ti Amiga

. Gratidão

. Te Lembro Amiga

.arquivos

. Julho 2014

. Outubro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011


casino en ligne

.Visitas