Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Puro sentimento

 


Misterioso sentimento



Ai se não existissem sentimentos
Esses que não deixam caminhar
decidir, afirmar
Esses que fazem sofrer
por vezes sorrir, outras esmorecer
nada sentiria
nada seria
tudo deixava acontecer sem penar
sorriso estampado no rosto,
dor que atravessa todos os membros
não se nota, não se ouve, mas estão presentes
Os sentimentos se perdem nas palavras
tantas vezes contraditórias…
sentimentos mudam,
pelos atos das pessoas por quem  se sente
arrebentador, é essa sensação de dor
de desconforto, paralisando todos membros
sentimentos estão desnudados de enfeitos
manifestam-se, mais pelos atos
 do que propriamente por palavras
dontar ou dominar sentimentos é quase impossível
porque são a essência viva da alma
O sentimento mais male amado é o próprio AMOR
quer-se deixar de sentir, para cavalgar no mundo cruel
esse feito de mentiras onduladas
como cavalos em plenas ruas
como se derivasse nua em pleno mar
cantando com voz de sereia esse verbo amar
sentimentos íntimos e profundos
ninguém os pode controlar
a verdadeira razão de os sentir
é na hora da despedida, saber que algo vai partir
deixando nas margens da vida um sofredor a sorrir
penando cada caminhada
desconfiando da verdade
optando pela carcaça vazia
escolhendo não sentir
do que sorrir e ver novamente partir
Ai se não existissem sentimentos…



Alzira Macedo
http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
música: Cock Robin - The promise you made
publicado por Alzira Macedo às 08:55
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Julho de 2014

Uma manha de lucidez

 

 

 

 

 

 

 

 

Nunca deixes Quem amas, Por quem desejas ...

Quem te Deseja te deixará, Por quem ama




 

(Quantas vezes não queremos aceitar frases construídas, frases ditas, dizemos nós ser ditados antigos...
De pessoas antiguadas, sem grande abertura para os tempos modernos... A realidade é que tentamos ultrapassar todas as barreiras possiveis, tentamos ser pioneiros no nosso proprio viver...
Somente nos esquece-mos de que há algo que nos segue e que não podemos mudar “ a natureza das coisas “
E se há um ditado bem verdadeiro então é este acima, pensa bem na questão e deixa tua opinião )





Alzira Macedo





http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me:
música: Di Paullo e Paulino - Acordei na Madrugada
publicado por Alzira Macedo às 07:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Ouve e relaxa

<

.posts recentes

. Puro sentimento

. Uma manha de lucidez

. Um Devaneio em alto mar.....

. Senti, escrevi

. A poveira

. Fragil, mas voltei...

. De Passagem

. Para ti Amiga

. Gratidão

. Te Lembro Amiga

.arquivos

. Julho 2014

. Outubro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.Visitas