Sábado, 22 de Setembro de 2012

Para ti Amiga

 

Doce e ausente Amiga te envio o mar. O

mar rumoroso que vestes sempre, um mar

de sal e conchas que te talham os pés,

um mar de areias, temporal, sonhos num

por do sol.
Te envio o mar que trazes nas mãos e

te envio pérolas em forma de lágrimas

de alívio, vento no rosto, maresia e

iodo, coral. Te envio o mar que trazes

nos olhos, cansados, cheios de

incertezas, ondas e espuma, um teu mar

que está sempre perto de ti, ainda que

estejas longe dele.
Te envio o mar que trazes nesta tua

incerteza, sal, sol, palavras fugidias

que não escutamos com a rebentação.
Te envio o mar que tambem eu sempre

trago em mim.

publicado por Alzira Macedo às 09:27
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.posts recentes

. Puro sentimento

. Uma manha de lucidez

. Um Devaneio em alto mar.....

. Senti, escrevi

. A poveira

. Fragil, mas voltei...

. De Passagem

. Para ti Amiga

. Gratidão

. Te Lembro Amiga

.arquivos

. Julho 2014

. Outubro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011